Siqueira Leitão

Siqueira Leitão

SIQUEIRA LEITÃO   TRONCO   I   I –  Francisco de Siqueira Leitão e sua primeira mulher Rita Corrêa de Moraes (SL, 5:57), pais de: 1 –  Reginalda Domingues, que casou em 1797 em Atibaia com Antônio de Sousa de Moraes (Segundo Silva Leme, 7:212, Antônio de Sousa de Moraes era filho de Manuel de Sousa de Moraes, este casado com Maria de Araujo, falecida em 1804, filha de Bento Pereira de Araujo e de Maria da Silva. Antônio era, pois, primo-irmão do capitão Roque de Sousa de Moraes, tido como povoador de Socorro). Antônio e Reginalda foram padrinhos de um batizado em Mogi-Mirim de uma filha de Manuel de Almeida Bueno, em 3/5/1813, declarando-se fregueses de Nova Bragança (BM-6:18). Foram pais de: 1.1 – Maria de Sousa de Moraes, nascida em Bragança, que casou em Mogi Mirim em 1822 com … Continue...
Sousa Campos

Sousa Campos

SOUSA CAMPOS   TRONCO I   I – João de Sousa Campos é personagem difícil na genealogia amparense e campineira.  Existem vários homônimos, todos parentes entre si, pertencentes alguns à mesma época. O João de Sousa Campos que teve descendência ilustre em Amparo foi casado três vezes: a primeira com Maria Joaquina de Moraes, filha do Alferes José Marcelino de Campos, este inventariado em Campinas em 1847, que fora casado em 1811 com Ana Joaquina de Moraes, sua parente (SL, 1:158). Silva Leme não informa quem era o pai deste João de Sousa Campos, mas   menciona esparsamente alguns filhos de João e Maria Joaquina. Posteriormente, João de Sousa Campos, já viúvo, casou com Emília Augusta de Melo e Sousa, natural dos Açores, filha de José Cabral de Melo e de Francisca Cândida de Jesus; vindo a falecer esta, sepultada em … Continue...
Santos Prado

Santos Prado

SANTOS PRADO   Francisco de Assis Santos Prado, natural de Campinas, filho de Raimundo Álvares dos Santos Prado e de Maria Miquelina de Castro Camargo, batizado em 2/3/1832, foi casado com Maria Luísa Ribeiro de Camargo Prado. Depois de viver os primeiros anos da mocidade em Campinas, mudou-se para Amparo por volta de 1864, aqui se estabelecendo como boticário. Fez fortuna e teve fazenda, mas foi como republicano histórico e cidadão benemérito que gravou seu nome na História de Amparo. Participou da fundação do Partido Republicano e da Convenção de Itu, ajudou a fundar a Loja Maçônica Trabalho, bateu-se pela extensão dos trilhos da Mogiana até Amparo, foi jornalista, publicou o primeiro Almanaque do Amparo, doou o primeiro relógio público para a Igreja Matriz de Amparo, e praticou inúmeros atos de caridade, apesar não ser homem religioso. Hasteou uma bandeira … Continue...
Silva Toledo

Silva Toledo

SILVA TOLEDO   TRONCO Luís Antônio da Silva Toledo e Ana Carolina de Jesus, pais de: 1 –  Balbina, batizada no Amparo em 1852, sendo padrinhos Francisco de Paula Silveira e sua mulher Balbina Carolina de Caldas, fregueses de Guarapuava (BA-5:82v)  
Siqueira Lima

Siqueira Lima

SIQUEIRA LIMA   TRONCO I   I –  Salvador de Siqueira Lima, casado com Rosa de Cerqueira César, pais de: 1 – Antônio, batizado no Amparo em 1829 (BA-1:5v).   TRONCO II   II – Joaquim de Siqueira Lima, casado com Ana de Cerqueira César, padrinhos num batizado no Amparo entre 1829 e 1839.   TRONCO III   III – Este é um tronco serrano, mas que deve ser aparentado com os anteriores: Juliano de Siqueira Lima, filho de Aleixo de Siqueira Lima e de Isabel Pedroso, casou em Serra Negra em 1833 com Ana de Sousa de Oliveira, filha de Manuel Domingues de Faria e de Feliciana de Sousa de Oliveira (CSN-1:21)   TRONCO IV   IV – veja OLIVEIRA – Tronco III – Gertrudes de Siqueira Lima, casada com Francisco Pereira de Oliveira
Sousa e Costa

Sousa e Costa

SOUSA E COSTA   TRONCO Joaquim Macário de Sousa Costa, natural de Portugal, filho de Manuel Teixeira de Sousa e de Maria de Jesus, casou no Amparo em 1867 com Alexandrina Amélia dos Passos,             filha de José Pires dos Passos e de Ana Gertudes do Carmo. (CA-5:119). Joaquim Macário de Sousa e Costa era alfaiate em Amparo. Tiveram os filhos: 1 – Sofia de Sousa Costa, filha de Joaquim Macário de Sousa Costa e de Alexandrina dos Passos Costa, casou no Amparo em 1884 com Joaquim Novaes de Sousa Bastos, natural de Braga, Portugal, filho de Serafim Novaes Alves Bastos e de Joaquina Rosa de Sousa Bastos, sendo testemunhas Marcelino Penteado e Gustavo de Oliveira. Eugênio Marques de Sousa Bastos e João Antônio Domingues atestaram o estado de solteiro do contraente (CA-11:3v/4) 2 – Olival Costa, jornalista, fundador da … Continue...
Santos Vieira

Santos Vieira

SANTOS VIEIRA   TRONCO   I – João Antônio dos Santos Vieira e Maria Gertrudes do Rosário, casal que viveu no Amparo na segunda metade do século XIX, teve: 1 – Madalena Maria do Carmo, que casou no Amparo em 1866 com José Machado da Costa, filho de Manuel Machado da Costa e Joaquina Narcisa,Madalena Maria do Carmo, (CA-5:89v) 2 – José Cirilo da Glória, amparense, casou no Amparo em 1870 com Alexandrina Fausta de Oliveira, natural de São José de Toledo-MG, filha de João Antônio de Oliveira Nóbrega e Jacinta Maria de Jesus Oliveira. (CA-6:16v) 3 – Marciano Sarilho (sic) dos Santos Vieira, filho de João Antônio dos Santos Vieira, casou no Amparo em 1866 com Ana Rita de Jesus, filha de José Pedro Corrêa e Gertrudes Maria de Jesus (CA-5:94v)
Silveira

Silveira

SILVEIRA   TRONCO  I I – João Manuel da Silveira, casado com Maria Antônia de Oliveira, pais de: 1 – Manuel, batizado no Amparo em 1832 (BA-2:2); com o nome Manuel Pereira do Prado, casou no Amparo em 1852 com Maria Alves de Oliveira, filha de José Antônio Pereira e de Maria Prudência de Jesus (CA-3:12v) 2 – Úrsula, batizada em 1836 (BA-2:72) 3 – Ana, batizada em 1838 (BA-3:26) 4 – Joaquim, batizado em 1840, sendo padrinhos Antônio de Sousa Melo e sua mulher Carolina Leopoldina Aranha (BA-3:73v) 5 – Mariano, batizado em 1844, sendo padrinhos José Antônio Pereira e sua mulher Maria Prudência (BA-4:45v)   TRONCO   II II – Antônio Manuel da Silveira, casado com Rosa de Godoy,  pais de: 1 -Joaquim, batizado em 1833. Foram padrinhos Joaquim Pedroso de Morais e sua mulher Maria Rosa (BA-2:18); 2 … Continue...
Siqueira Padilha

Siqueira Padilha

SIQUEIRA PADILHA   TRONCO I   I –  Manuel de Siqueira Padilha e Ana Joaquina de Lima, casal que morou em Bragança e Mogi Mirim, mas que já estava em Amparo em 1829, teve: 1 – Francisco de Lima Padilha, natural de Bragança, casado em 1830 com Florentina Maria do Patrocínio, de Sorocaba, filha de Francisco de Assis e Thereza de Jesus Proença; com geração em LIMA PADILHA. 2 – Ana de Lima, também conhecida por Ana Joaquina de Lima (ou ainda de Sousa…), natural de Mogi Mirim, casada no Amparo em 1834 com José Francisco de Assis, natural de Sorocaba, filho de Francisco de Assis e Theresa de Jesus Proença; foram pais de: 2.1 – Antônio, batizado em 1838 em Amparo. 2.2 – Maria Gertrudes de Jesus, casada em 1864 com José Manuel da Silva, filho de Manuel José … Continue...
Sousa Franco

Sousa Franco

SOUSA FRANCO   TRONCO  I I – Joaquim de Sousa Franco e de Josefa Maria de Jesus, oriundos de Bragança, foram pais de: 1 – Bento de Sousa Franco, natural de Bragança, casou no Amparo em 1854 com Benedita Maria de Jesus, natural de Paraibuna, filha de Francisco Antônio de Castilho e de Rosa Maria da Conceição; 2 – João de Sousa Franco, natural de Bragança, casou no Amparo em 1854 com Maria Francisca de Jesus, natural de S. Antônio de Paraibuna, filha de Francisco Antônio de Castilho e de Rosa Maria da Conceição. Este casal teve pelo menos: 2.1 – João de Sousa Franco, casado com Carolina Maria Perpétua; João de Sousa Franco faleceu por volta de 1891, sem geração, pelo que sua mãe e sua mulher venderam a herança a Miguel Padula. (1ºof. 106:18)   TRONCO  II   … Continue...