Meteorito explodiu perto das margens do Rio Javari

Meteorito explodiu perto das margens do Rio Javari

A Rússia tem um pouco de azar com meteoritos. Além do que explodiu em Tunguska em !908 e do que explodiu há algum tempo em Cheliabinsk, houve um outro, conforme notícia do Correio Paulistano, datada de 6/10/1907: um grande meteorito incendiou e destruiu a aldeia de Danierlovka, perto de Northodniopovolks. Não consegui nenhuma outra informação sobre esse evento, e tampouco consegui localizar nos mapas onde ficavam esses lugares. Presumo que ficassem acima do Circulo Polar, pelo radical “north” de um dos lugarejos. Mas o quarto grande meteorito explosivo é nosso. Explodiu perto das margens do Rio Javari, na Amazônia, por volta de 1928, e devastou pedaços da floresta. Países com grande extensão territorial como a Rússia e o Brasil estão, é claro, mais sujeitos a esse tipo de fenômeno.   Siga-nos! Facebook: Os Amparenses #OsAmparenses #GenealogiaAmparense #HistoriaAmparense José Eduardo Godoy  
Festas em Amparo no começo do século XX

Festas em Amparo no começo do século XX

O Amparo no período áureo do café foi um lugar muito animado e alegre, com festas sucessivas e bem freqüentadas. Havia festas de todo tipo, políticas, religiosas,cívicas, piqueniques, passeios, casamentos, batizados (e até alguns velórios eram muito bem servidos, com bebidas e salgadinhos…). Tudo era motivo para festa… Foi uma época de muito dinheiro e de renda bem distribuída, que havia gerado uma grande classe média. Além disso, as festas eram baratas, pois a alimentação era abundante e de preços baixos, e as bebidas, embora algumas fossem importadas, também não custavam caro. O café pagava a conta! Algumas dessas comemorações ficaram famosas. A festa na Fazenda Palmeiras,do coronel Luís Leite, pelo aniversário da esposa e término da colheita, com ornamentação feita por Alberto de Andrade contou com um trem especial para os convidados, 200 pessoas, entre as quais 120 senhoras … Continue...
1938 | Hóspedes e Viajantes

1938 | Hóspedes e Viajantes

12/08/1938 Pelo “Cruzeiro do Sul”, seguiram ontem, para o Rio de Janeiro, o sr. José Colli e sra. (CP)   Nota: – Cada verbete é composto: pela data da publicação, texto, eventuais observações e comentários em itálico, e pelas siglas (CP) e (OESP), para identificar sua origem, prevendo uma futura incorporação a um trabalho maior. – Colaboração: Guilherme Mantovani Colli.   Siga-nos! Facebook: Os Amparenses #OsAmparenses #GenealogiaAmparense #HistoriaAmparense José Eduardo Godoy
Índice Onomástico – Volume VII

Índice Onomástico – Volume VII

A.P. Correia Jr. – 20/8/1898 Abraão Redoan – 19/12/1899 Adamiro Farmasi – 24/6/1899 Afonso Joaquim de Camargo– 10/12/1896– 21/12/1899 Albino Alves do Amaral -10/2/1896-21/6/1897–8/11/1897–7/1/1898 –11/2/1898- 17/1/1898- 11/2/1898- 7/1/1898 Alcindo Guanabara- 13/1/1898 Alferes Ernesto de Castro Galvão– 10/12/1896 Alferes Henrique Antônio de Camargo– 10/12/1896 Alferes Jeremias José de Camargo– 10/12/1896 Alferes José de Sousa Carvalho– 10/12/1896 Alferes Manuel Firmino Barbosa– 10/12/1896 Alferes Manuel José de Campos – 10/12/1896 Alfredo da Costa Cardoso– 10/12/1896– 25/3/1895 Alfredo Rheinfranck– 21/12/1899 Alfredo da Silva Pereira Barros- 5/6/1895- 26/1/1895– 27/1/1895 – 18/7/1896 – 21/12/1899 Alfredo Parisi – 18/8/1895 Almeida Júnior – 19/11/1895 e 22/11/1895- 13/5/1896 Álvaro de Oliveira – 11/5/1899 Américo de Campos – 9/7/1899 – 9/7/1899 Ansano Bruschini – 9/3/1895- 20/2/1899 Antônio Alves Lindo  – 10/2/1896 Antônio Bento – 12/3/1895 Antônio Cândido de Carvalho– 25/3/1895 Antônio Carlos de Moraes Bueno– 5/1/1895 Antônio da Cunha Júnior– … Continue...
Fundação do Floresta Atlético Club e campeão em jogo em 1929

Fundação do Floresta Atlético Club e campeão em jogo em 1929

Em 1920 foi fundado o Floresta Atlético Club, resultado da fusão do Recreativo F. C. e do E.C. 15 de Novembro, sendo sua primeira diretoria: Argemiro Vasconcelos de Oliveira, presidente; Gustavo Gelmini, vice-presidente; Virgílio Franco de Moraes e José Franco de Ávila, secretários; Olímpio del Rosso, tesoureiro; José dal Coletto, diretor esportivo; Arthur Crosera, procurador; João Blumer, Tristão da Silveira, Breno de Carvalho Moura e Sílvio Julião, membros da Comissão de Sindicância. Os primeiros jogadores registrados pelo Floresta em março de 1921 foram: José Beretta, Ubaldo Remorini, José Luglio, Miguel Vacarelli, Ricardo Carlini, Lourenço Infantozzi Sobrinho, Cícero de Sousa Araújo, Gracílio dos Santos, José Silva, Alcides Infantozzi, Valentim Remorini, José Pulcinelli, Luís Mantovani, Francisco Antônio, Círilo Pulcinelli, Frederico Trentini, João Blumer, Hermínio Baradel, Roberto Mantovani, Elias Chiaco, Olímpio del Rosso e Domingos Infantozzi O Floresta sagrou-se em 1929 campeão do … Continue...
Novo espaço histórico cultural em Brasília homenageia amparense “José Eduardo Pimentel de Godoy” | Novembro de 2018

Novo espaço histórico cultural em Brasília homenageia amparense “José Eduardo Pimentel de Godoy” | Novembro de 2018

Novo espaço histórico cultural em Brasília O Ministério da Fazenda em Brasília agora tem um novo espaço histórico cultural que, além de ter algumas de suas obras, recebeu o nome do ilustríssimo amparense – José Eduardo Pimentel de Godoy – uma homenagem linda e emocionante!   No último dia 8 de novembro, o amparense José Eduardo Pimentel de Godoy, por todos conhecido como “Siruga”, auditor-fiscal do Tesouro Nacional (aposentado), escritor e historiador, um dos “imortais” da Academia Amparense de Letras (AAL) e membro do Instituto Genealógico Brasileiro, foi homenageado pelo Ministério da Fazenda, em Brasília/DF, que conferiu seu nome a um novo espaço histórico-cultural – “Sala José Eduardo Pimentel de Godoy”. Justo reconhecimento àquele que já dirigiu o célebre museu da Casa dos Contos de Ouro Preto, além de haver sido o responsável pelo Projeto Memória da Receita Federal. José Eduardo já … Continue...
1939 | Notas do Ano

1939 | Notas do Ano

03/12/1939 Pelo Fórum– Foi julgada por sentença do dr. Erik de Castro, juiz de Direito substituto da Comarca, a partilha dos bens deixados do d. Valeriana de Campos Cintra às Casas de Caridade locais- Hospital Anna Cintra, São Vicente de Paula, Orphanato Divina Providência, Damas de Caridade e Asylo de Mendigos. Os bens doados montaram a quase doze mil contos, que constituíam a fortuna daquela senhora e suas irmãs d. Jacintha e Delphina de Campos Cintra. Falecimento -Faleceu, no Hospital Anna Cintra, onde se achava em tratamento, em quarto particular, o sr. Romualdo Borgarelli, fazendeiro e industrial residente neste município e aqui radicado há muitos anos, pois tendo vindo criança da Itália, sua pátria de origem, aqui se casou e adquiriu grandes e importantes propriedades agrícolas. Deixou a viúva d. Rosa Zampolli Borgarelli e os seguintes filhos: Mario Felício, Lino … Continue...
Índice Onomástico – Volume VIII

Índice Onomástico – Volume VIII

  Abraão Redoan – 14/3/1900 – 25/1/1902 Adolfo Ferraz & Cia. – 29/4/1901 Afonso de Camargo– 28/12/1900 Agenor T. Queiroz – 28/12/1905 e 30/12/1905 Alberto dos Santos Corrêa – 2/8/1901 – Alberto de Andrade – 15/8/1902 Albino Alves do Amaral – 19/11/1900 e 23/11/1900 Alexandre de Tal  – 21/9/1905 Alfredo de Barros –28/12/1900-6/8/1900-15/7/1901- 5/3/1903- 22/8/1904 Alfredo Patrício do Prado Paulista- 19/6/1901 Alfredo Rheinfranck  – 8/11/1900 Aliante Lorenzetti – 26/6/1900 Almanaque do Amparo – 8/2/1901- 1/2/1902 Almanaque do Capitão José Teodoro de Moraes – 30/5/1905 Almirante Custódio de Melo- 16/3/1902 Álvaro de Oliveira  – 1/2/1900 – Amparo Sport Club – 25/1/1904 Ansano Colli – 4/11/1905 Anselmo Nora – 3/2/1901 Antônio Augusto Vieira- 29/6/1900 Antônio Cândido de Camargo– 28/12/1900 Antônio Carcanhotto- 10/1/1900 Antônio Jerônimo de Carvalho  – 23/4/1903 e 27/4/1903 Antônio José Vaz- 2/10/1904 Antônio José da Cunha- 21/8/1904 Antônio Luís Simões- … Continue...
Notícias do “Correio Paulistano” em 1910

Notícias do “Correio Paulistano” em 1910

Algumas notícias do”Correio Paulistano”: 15/10/1910 – casamento de João Delfino de Brito e Sebastiana de Camargo, bisavós do Rogerio Catanese. 22/10/1910 – Serra Negra teria sido fundada por Pedro Franco. 15/11/1910 – Medalha de prata para Francisco Prestes Maia no Ginásio São Bento, em São Paulo. 22/12/1910 – Delegação de Amparo ao Segundo Congresso Agrícola: Dr. Constâncio Cintra, Arthur Alves de Godoy e Joaquim Antônio de Arruda. 9/11/1911 – Câmara Municipal de Amparo ganha o Grande Prêmio da Exposição de Turim, na Itália.   Siga-nos! Facebook: Os Amparenses #OsAmparenses #GenealogiaAmparense #HistoriaAmparense José Eduardo Godoy
1940 | Crédito Especial

1940 | Crédito Especial

11/06/1940 Projecto de decreto-lei da Prefeitura Municipal de Amparo que dispõe sobre abertura de um crédito especial de 410$000, para pagamento de serviços prestados pelo sr. José Colli.(CP)   Nota: – Cada verbete é composto: pela data da publicação, texto, eventuais observações e comentários em itálico, e pelas siglas (CP) e (OESP), para identificar sua origem, prevendo uma futura incorporação a um trabalho maior. – Colaboração: Guilherme Mantovani Colli.   Siga-nos! Facebook: Os Amparenses #OsAmparenses #GenealogiaAmparense #HistoriaAmparense José Eduardo Godoy