Machado Toledo

Machado Toledo

MACHADO TOLEDO        TRONCO I   I – Salvador Machado Toledo e sua mulher Maria de Moraes, moradores no bairro Camanducaia, foram padrinhos de um batizado em Mogi Mirim em 1822 (JAJ, 24)
Martins Cardoso

Martins Cardoso

MARTINS CARDOSO   TRONCO  I   I – Florêncio (ou Francisco?) Martins Cardoso, casado com Maria (ou Márcia?) Eugênia, casal que teve: 1 – Augusta, batizada em 1838; 2 – Antônio, batizado em 1840.   TRONCO II   II – Leopoldino Martins Cardoso foi casado com Vitoriana Maria do Carmo em primeiras núpcias; enviuvando desta, casou em 1882 no Amparo Florência Maria de Jesus, filha de Joaquim Paes de Moraes e Josefa da Silva Franco, sendo testemunhas João Batista Salustiano da Rocha e José Gomes da Silva (CA-10:18) Leopoldino e Vitoriana foram pais de: 1 – Ana Maria de Jesus, filha de Leopoldino Martins Cardoso e de Vitoriana Maria do Carmo, casou no Amparo em 1879 com Umbelino José Rodrigues, filho do finado Albino José Rodrigues e de Senhorinha Maria de Jesus, sendo testemunhas Joaquim Antônio de Oliveira e Vidal … Continue...
Mendes de Oliveira

Mendes de Oliveira

MENDES DE OLIVEIRA   TRONCO I   I – Desidério Mendes de Oliveira, viúvo de Cristina Maria da Conceição, casou em 1840 no Amparo com Maria Angélica de Jesus, filha de Leonardo Idalgo Leite e Bebiana Maria de Jesus.  Desidério Mendes de Oliveira era filho de Manuel de Oliveira Preto e Maria Jacinta do Amaral, casados em Bragança em 1813; Manuel de Oliveira Preto era filho de Francisco de Oliveira Preto e de Rosa de Lima, enquanto Maria Jacinta era filha de Francisco de Lima Bueno e de Rosa Domingues. Manuel era irmão de Daniel de Oliveira Preto, que se casou em Bragança a primeira vez com Ricarda da Silva Padilha e depois uma segunda vez no Amparo em 1835 com Gertrudes Maria de Oliveira, filha de Salvador de Oliveira Preto e de Rosa de Lima. Manuel também foi irmão … Continue...
Moreira

Moreira

MOREIRA   TRONCO  I I – Um sobrenome tão conhecido e tão difundido no Amparo, Moreira, deveria ter muitas origens, tanto quanto os Cardosos ou os Oliveiras. Mas toda regra tem exceção; nos documentos mais antigos de Amparo em que aparece o apelido Moreira geralmente surge o nome de José Francisco Moreira, casado com Maria Gertrudes Franco, que foi morador de Mogi Mirim durante algum tempo. José Francisco e Maria Gertrudes foram pais de: 1 – Gertrudes Maria de Jesus, casada em 1838 no Amparo com João Ferreira de Sousa, filho de José Ferreira de Sousa e de Ana Corrêa Franco; 1.1 – Antônio, batizado em 1839; 2 – Vicência Maria de Jesus, casada em 1850 com Joaquim Pires Cardoso, filho de José Pires de Godoy Bueno e de Maria Madalena de Jesus; Vicência já era falecida em 1857, quando … Continue...
Militão de Paula

Militão de Paula

Militão de Paula   José Militão de Paula foi pai de: 1 –  Guiomar de Paula Lima, falecida em  1915, na Fazenda do Rumo, aos 24 anos, casada com Joaquim Cândido de Lima.    
Maciel

Maciel

MACIEL        TRONCO I   I –     José Pedro de Godoy, natural de Bragança, filho de Pedro de Godoy e Ana Maciel,casado no Amparo em 1843 com Ana Francisca, natural de Mogi Mirim, filha de pai incógnito e Clara Maciel. Deve ser este José Pedro o mesmo que, estando viúvo de Ana Rodrigues de Jesus, se casou em 1856 com Maria Francisca, filha de Ana, liberta, ex-escrava de Lourenço de Godoy (CA-4:58) .        TRONCO II   II – José Joaquim Maciel, casado com Ana Perpétua do Amaral, casal de Serra Negra, foi padrinho de Batismo em Amparo em 1834. Aparentemente, há um erro de lançamento num assento, pelo qual José Joaquim Maciel teria sido casado antes com Emília Maria do Amaral. José Joaquim e Ana Perpétua tiveram: 1 – Emília Maria do Amaral, que casou em Serra … Continue...
Martins Claro

Martins Claro

MARTINS CLARO   TRONCO I   I – Joaquim Martins Claro e Francisca Maria, gente de Minas Gerais, foram pais de: 1 – Marcelina Maria de Jesus, natural de Ouro Fino, filha de Joaquim Martins Claro e de Francisca Maria, casou no Amparo em 1871 com José Teodoro dos Santos, natural de Cambuí-MG, filho de Domiciano Lourenço de Sousa e de Justina Maria (CA-6:24v).
Mendes Pereira

Mendes Pereira

MENDES PEREIRA   TRONCO I – Lauriano Mendes Pereira e Maria Joaquina da Conceição, casal que viveu no Amparo na segunda metade do século XIX. Foram donos de terras na Boa Vereda, compradas em 1860 de João Batista de Godoy e sua mulher Margarida Francisca (1ºof. 7:13v). Lauriano e Maria Joaquina tiveram: 1 – Gertrudes Maria Joaquina (ou da Conceição), filha de Lauriano Mendes Pereira e Maria Joaquina da Conceição, casou em 1866 com  Francisco de Carvalho Bueno, viúvo de Ana Maria da Conceição, sepultada em Amparo (CA-5:97v) Francisco de Carvalho Bueno, viúvo de Gertrudes Maria da Conceição, sepultada em Amparo, casou em 1877 com Deolinda Maria de Jesus, viúva de Anastácio José de Moraes (CA-7:30) 2 –  Joaquim Pereira Padilha, filho de Lauriano Mendes Pereira e de Maria Joaquina da Conceição, casou no Amparo em 1868 com Maria Francisca, … Continue...
Moreira César

Moreira César

MOREIRA CÉSAR   TRONCO GERAL O Sargento-mor Joaquim Moreira César, filho de Jorge Moreira César e Margarida Vieira de Oliveira, moradores de Atibaia, foi morador no Amparo, onde faleceu em 1835, aos 60 anos de idade (Silva Leme se equivoca ao mencionar o local do óbito). Foi casado (SL, 7:402) duas vezes: a primeira em Atibaia em 1787 com Maria Rosa, filha de Manuel Pereira Padilha e de Ana Maria de Oliveira; a segunda vez casou com Emerenciana da Silveira Franco, filha do Capitão José Antônio da Silva Coelho e de sua segunda mulher Cristina Maria Franco. Da primeira mulher, Maria Rosa, o sargento-mor teve:-   I – Joaquim de Cerqueira César, casado em 1820 em Bragança com Cristina de Brito Leme, filha de Lourenço Antônio Leme e Ana Jacinta de Oliveira. Faleceu em 1822, deixando um filho que morreu … Continue...
Maciel Barbosa

Maciel Barbosa

MACIEL BARBOSA   TRONCO I I –  José Guedes da Silva e Margarida Barbosa foram pais de: 1 – Ricarda Maciel Barbosa, que casou no Amparo em 1833 com Francisco de Paula de Siqueira, viúvo por óbito de Ana Maria de Jesus. Ricarda e Francisco de Paula tiveram: 1.1 – Justino, batizado em 1842, sendo padrinhos Frutuoso Francisco e Gertrudes Maria, ambos solteiros (BA-4:19v)   TRONCO II II – Vicente Maciel Barbosa e Maria Francisca de Oliveira foi um casal que viveu no Amparo em meados do século XIX. Depois de viúvo, Vicente casou com no Amparo em 1872 com Francisca Maria das Dores, viúva de Valério Antônio de Castilho (CA-6:48v). Vicente e Maria Francisca tiveram q.d: 1 – Pedro Antônio de Oliveira, batizado em 1843, filho de Vicente Maciel Barbosa e de Maria Francisca de Oliveira, casou no Amparo … Continue...