Ferreira da Silva

Ferreira da Silva

FERREIRA DA SILVA        TRONCO  I   I – Outro casal de pioneiros do antigo Amparo, sobre o qual pouco se sabe, Luís Ferreira da Silva e sua mulher Maria Antônia, tiveram: 1 – José, batizado em 1834.   TRONCO II   II –      Rafael Ferreira da Silva e Maria Cardoso de Lima, casal que viveu em Amparo no século XIX, mas antes morou em Nazaré, teve: 1 – Placidina Cardoso de Lima, que, casou no Amparo em 1863 com Amaro José da Silva Campos, de Santo Amaro, filho de João José da Silva e Rita Angélica;   (CA-5:44v). 2 – Escolástica Cardoso de Lima, de Nazaré, filha de Rafael Ferreira da Silva e Maria Cardoso de Lima, quecasou no Amparo em 1870 com Pedro Gomes de Moraes, filho de Elias Gomes de Moraes e Gertrudes Ribeiro de Jesus. … Continue...
Franco de Brito

Franco de Brito

FRANCO DE BRITO   TRONCO I   I-   João Franco de Brito e Antônia Maria, gente que migrou de Minas Gerais para o Amparo em meados do século XIX, foram pais de: 1 – Delfino Franco de Brito, de Carmo -MG, filho de João Franco de Brito e Antônia Maria, casou no Amparo em 1866 com Maria Eugênia da Conceição, natural de Bananal, filha de Alexandrina de Sousa (5:87). 2 – Deolinda Maria das Dores, amparense, filha de João Franco de Brito e Maria Antônia, casou no Amparo em 1874 com Pedro Antônio de Moraes, de Campinas, filho de Francisco de Moraes Silva e de Francisca de Moraes. O Vigário Pinheiro justificou a grutuidade da cerimônia e a dispensa das formalidades, alegando “por serem muito pobres” e “ter conhecimento do contraente, que veio a esta de menor idade, passando … Continue...
Fróes

Fróes

FRÓES   TRONCO  I   I –  Lourenço José Fróes e Ana Francisca de Jesus, gente de Nazaré, foram pais de: 1 – Antônio José Fróes, natural de Nazaré, casou em Serra Negra em 1831 com Ana Rita da Conceição, filha de Leonel Bueno da Silva e Teresa da Silva de Oliveira, e foram moradores no Rosário (Serra Negra); .pais de: 1.1-  José, batizado no Amparo em 1835; 2 – Maria Escolástica de Ornelas, filha de Lourenço José Fróes e Ana Francisca de Jesus, casou em Serra Negra em 1836 com José Francisco Maciel, filho de Francisco Pires de Oliveira e de Emerenciana Maria. 3 – José Inácio de Moraes, nascido em Nazaré, e casado em Serra Negra em 1831 com Ana Maria de Jesus, filha de Joaquim da Silva de Moraes e de Leonarda Maria.
Ferreira de Almeida

Ferreira de Almeida

FERREIRA DE ALMEIDA   TRONCO  I   I – João Ferreira de Almeida, falecido em 1833 aos 25 anos, deixando viúva Gertrudes Pereira de Godoy (a viúva depois se casou em 1837 com seu parente Fabrício Pedroso de Oliveira, natural de Bragança e morador de Socorro), foi pai de: 1 – João, batizado em 1832; 2 – Francisca, batizada em 1833.   TRONCO II   II – Vicente Ferreira de Almeida e Francisca Maria de Jesus, gente de Santa Isabel que migrou para Amparo, tiveram: 1 – Maria Inocência de Almeida, filha de Vicente Ferreira de Almeida e de Francisca Maria de Jesus, casou no Amparo em 1879 com Manuel Lopes de Moraes, filho de João Lopes de Moraes e de Maria Teresa de Jesus (CA-8:5) 2 –  Antônio Ferreira de Almeida, filho de Vicente Ferreira de Almeida e de … Continue...
Ferreira de Marcondes

Ferreira de Marcondes

FERREIRA DE MARCONDES        TRONCO  I   I – Felícia Antônia de Castro, faleceu no Amparo em 1833 aos 60 anos, deixando viúvo José Ferreira de Marcondes. Esse casal provavelmente era originário do Vale do Paraíba, mas não encontramos outros traços documentais de sua passagem por Amparo.
Franco da Cunha

Franco da Cunha

FRANCO DA CUNHA   TRONCO  I   I – Uma das origens deste sobrenome na nossa região começa com Inácio Franco (da Cunha,segundo Silva Leme, 1:465, e irmão de Rosa Maria Félix, uma das matriarcas amparenses, casada com José de Siqueira Cardoso, filho de João de Siqueira Alvarenga, o que inclui a família Rocha Franco dentre o numeroso grupo de atibaienses que para cá se deslocou em princípios do século XIX). Inácio Franco da Cunha, já falecido em 1833, filho de Inácio Alves do Amaral e de Maria Franco da Cunha, casou em 1797 em Atibaia com Cristina Maria Franco ou Cardoso), filha de Miguel Ribeiro Cardoso e de Maria Franco de Siqueira (SL, 1:348 e 465). Inácio foi proprietário de terras no bairro Camanducaia em 1818, adquiridas de Manuel José da Silva. Foi casado com Cristina Maria, filha de … Continue...
Furlani

Furlani

FURLANI   TRONCO I   I – Leonardo Furlani e Cristina Tomanini foram pais de: 1 – Guilherme Furlani, filho de Leonardo Furlani e de Cristina Tomanini, casou no Amparo em 1880 com Esperança Bassi (ou Bossi), italiana, filha de João Bassi e de Margarida Bassi (CA-8:25v) 2 – Maria Furlani, do Trento, filha de Leonardo Furlani e de Cristina Tomanini, casou no Amparo em 1879 com Albino Bossi, natural de “Trento no Tirol”, filho do finado João Bossi e de Margarida Salter, sendo testemunhas Andréa Bertuzzi e José Benício Porto (CA-7:72/72v)