Aranha

Aranha

ARANHA   TRONCO I   I – Gertrudes Maria Aranha era filha do sargento-mor Francisco Aranha Barreto, governador da praça de Santos, comandante da praça de Iguatemi, um dos mais prestigiados militares da capitania de S.Paulo, e de sua mulher Mônica de Camargo. Gertrudes casou-se em Atibaia em 1794 com o tenente, depois sargento-mor Francisco Barbosa de Vasconcelos, falecido em Amparo em 1829 (SL, 1:376 e 7:489 – OA-1:4v), filho do capitão Antônio Barbosa de Lima e Apolônia Maria do Pilar e Vasconcelos. Gertrudes Maria ainda era viva em 1854 quando doou escravos a seus filho José Francisco e Miguel Arcanjo e à sua neta Júlia, filha de José Francisco. Silva Leme descreve oito filhos do casal: 1 – Francisco, batizado em 1794 em Atibaia; 2 – Maria Benedita Barbosa Aranha, casada em 1812 em Atibaia com o capitão Calixto … Continue...
Alves do Amaral

Alves do Amaral

ALVES DO AMARAL   TRONCO  I   I-   A raiz desta família é o casal João de Siqueira Cardoso (atibaiense,  filho de João de Siqueira Alvarenga e Maria Cardoso) e Rosa Maria Félix (filha de Inácio Álvares do Amaral e Maria Franco da Cunha – SL, 1:347), consorciados em 1806. João de Siqueira Cardoso faleceu no  Amparo em 1842, aos 67 anos (OA-2:39). Foram  pais de:- 1 – José Joaquim de Camargo, casado (com Ana Jacinta de Oliveira?; deve ser o mesmo que casou em segundas núpcias com Beatriz do Espírito Santo, natural de Nazaré, filha de Manuel Soares de Siqueira e de Maria Gertrudes da Conceição (CA-3:4).  Foram pais de: 1.1 – Ana Franco de Jesus, casada em 1854 no Amparo com João Cardoso de Oliveira, filho de Francisco da Cunha Claro e de Ana Maria da Conceição. 1.2 … Continue...
Alves de Lima

Alves de Lima

ALVES DE LIMA   TRONCO   I –  Pedro Alves de Lima e sua mulher Francisca Maria do Carmo, foram moradores do Bairro do Lambedor, onde tinham um Sítio, que venderam a Manuel de Godoy Moreira em 14/6/1875.  (1º  of., 34:60). Foram pais de: 1 – Escolástica Maria de Jesus, filha de Pedro Alves de Lima e de Francisca Maria do Carmo, casou no Amparo em 1881 com José Gonçalves de Paiva, do Porto-Portugal, filho de Antônio Gonçalves de Paiva e de Maria Rodrigues (CA-8:33v). 2 – Ana Maria de Jesus, filha de Pedro Alves de Lima e de Francisca Maria de Jesus, casou no Amparo em 1875 com Antônio de Godoy dos Santos, filho de João Moreira César e de Maria Madalena de Jesus (CA-7:7) 3 – Joaquim Ortiz de Lima, filho de Pedro Alves de Lima e de … Continue...
Aratangy

Aratangy

ARATANGY   TRONCO   Victor Leão Aratangy foi casado com Ana Cotrim Aratangy, que faleceu viúva em 8/5/1955. O casal deixou os filhos: 1 – Nestor Aratangy, engenheiro, casado com Cândida Joly Aratangy; veio morar em Amparo em 1929, ano em que se alistou como eleitor nesta cidade. Foi nomeado membro do Conselho Consultivo do Município de Amparo, na forma do art. 10º do Decreto Estadual n. 6.406, de 3/3/1932, em 7/4/1932. Fez parte da comissão que escolheu a denominação das ruas Argemiro Alves Silvestre, Humberto Beretta, Capitão Alceu Vieira e Parque Alonso Ferreira de Camargo. Depois elegeu-se vereador em Amparo, renunciando ao mandato em novembro de 1936, por estar se mudando de Amparo. Aqui teve uma fazenda, no caminho do Córrego Vermelho. Na sessão em que renunciou foram proferidos elogios a ele, que não era natural de Amparo: “cavalheiro … Continue...
Alves de Andrade

Alves de Andrade

ALVES DE ANDRADE   TRONCO  I   I –  Generosa Alves de Andrade, casada com Manoel Gomes de Oliveira, teve: 1 – José Gomes Barbosa, natural de Mogi Mirim, casado em 1841 com Joaquina Francelina da Conceição, amparense, filha de Manoel Rodrigues Cintra e Maria Rosa da Conceição. (CA-2:53v); foram pais de: 1.1 – Firmina Hilária de Freitas, que casou no Amparo em 1870 com Jesuíno Alves de Andrade, filho de Jacinto Alves do Amaral e de Justina de Cerqueira César, seu parente.    (CA-6:13v)   – Veja ALVES DO AMARAL
Alves Machado

Alves Machado

ALVES MACHADO   TRONCO I   I – Francisco Alves Machado e Marcelina Emerenciana de Siqueira, também conhecida por Marcelina Amélia de Siqueira, foram pais de: 1 – Minervina Francelina Alves, filha de Francisco Alves Machado e de Marcelina Amélia de Siqueira, casada em 3/1/1880 com Antônio Augusto de Godoy (CA-8:10) 2 – Virgínia Sebastiana Alves, filha de Francisco Alves Machado e Marcelina Emerenciana de Siqueira, , casou no Amparo em 1885 com Antônio Caputo, da Itália, filho de Pedro Caputo e Catarina Esperança sendo testemunhas Felício Granato e Domingos Vita (CA-11:26)
Araújo

Araújo

ARAÚJO   TRONCO I   I – João Barreto e Francisca de Araújo foram pais de: 1 – Joaquina Maria, natural de Bragança, casada no Amparo em 1833 com Modesto Moreira, de Atibaia, filho de Joaquim Moreira e Josefa Maria.   TRONCO II   II –      Francisco José de Araújo, natural de Porto Feliz, filho de José Afonso de Araújo e Francisca Rosa, casou em Mogi Mirim em 1820 com Rita Gonçalves, natural de Mogi Mirim, filha de Inácio Gonçalves Rodrigues e Joana Corrêa. Foram pais de: 1 – Fidélis, batizado no Amparo em 1829   TRONCO III   III – João Francisco de Araújo, casado com Maria Teresa, foi um casal proviniente de Campinas que já residia no Amparo em 1831, quando foram padrinhos de batizado. Em 1863 João Francisco de Araújo e sua mulher Maria Teresa de … Continue...